Contratar luz por telefone

A contratação de energia elétrica por telefone é, sem dúvida, uma das formas mais cômodas, simples e diretas de realizar os procedimentos e de adquirir o seu modelo de fornecimento de energia. É o casamento perfeito entre o conforto e a distância que a internet oferece, e a clareza e suporte fornecidos pelos representantes de vendas especializados dos escritórios.
Suporte profissional sem sair do sofá!
No momento em que fizermos a ligação para contratar a energia por telefone, o vendedor nos informará de todos os documentos e informações que temos para fornecer. Se a empresa não encontrar nenhum erro ou problema, o técnico da distribuidora nos visitará 5 ou 7 dias úteis depois para inaugurar o fornecimento de energia elétrica.

O essencial

Como foi dito anteriormente, o vendedor da empresa precisará de uma série de dados que podemos fornecer diretamente na mesma ligação para contratar a energia elétrica por telefone. Essas informações consistem em:

  • Dados pessoais e contacto do titular da tarifa de energia elétrica.
  • O endereço do imóvel onde a luz será fornecida.
  • O CUPS —Código de Ponto de Fornecimento Universal—. O distribuidor responsável pela sua área pode facilitar.
  • O número da conta bancária onde serão domiciliadas as contas de luz.
  • O boletim elétrico. Lembre-se que você deve renová-lo se tiver mais de 20 anos ou se, diretamente, sua casa for recém-construída.

Se tiver tudo o que precisa ou caso tenha alguma dúvida sobre como contratar eletricidade por telefone, encorajamos que nos contacte através do nosso número -210 518 954—, do nosso email —info@nabaliaenergia.pt— ou em nossos escritórios.

O preço a pagar

Além do custo da chamada, para contratar eletricidade por telefone e usufruir do fornecimento em sua casa, deve pagar uma série de direitos pertencentes ao distribuidor na sua primeira fatura:

  • Extensão direita - 17,37 € / kW + IVA.
  • Direito de acesso —19,70 € / kW + IVA—.
  • Adiantamento - € 9,04 + IVA—.

Quero saber mais sobre as tarifas da Nabalia Energía

Vá para o WhatsApp